Mensagem do Presidente do Conselho de Administração

 

Prezados Parceiros do  Banco  Sol,

 Passámos uma parte  considerável do ano de 2021 sob o signo de incertezas e grandes desafios, com sucessivas  renovações do Estado de Calamidade Pública, que umas vezes suavizaram as  medidas de restrições, mas outras impuseram o inverso. Portanto, 2021 também  foi um ano bastante exigente, quiçá mais laborioso, devido ao desgaste que alonga vigência da COVID-19 provocou na Economia do nosso país.

Porém, o último trimestre  do ano já foi mais promissor, porquanto foram-se tornando visíveis os efeitos  positivos da campanha de vacinação que arrancou no início de Março, apenas 3  meses depois do seu arranque num número reduzido de países desenvolvidos, apesar  de terem estado a ocorrer notícias do surgimento de novas variantes, ditas mais  contagiosas ou com um poder de transmissão maior e algumas vezes mais letais.

Fruto da sua resiliência,  a economia global ganhou robustez, mas houve aumentos não desprezíveis nas suas  taxas de inflacção, escassez de matérias-primas essenciais e de mão-de-obra  qualificada, interrupções na cadeia logística, mormente na carga e descarga e,  concomitantemente, na distribuição e quedas acentuadas na procura em certos  sectores.

Como não podia deixar de  ser, o quadro não foi diferente em Angola e no Banco Sol, que apesar de terem sido  afectados pelas perdas de vidas humanas e pelos efeitos decorrentes da  utilização limitada das suas capacidades produtivas e laborais e restrições nasmovimentações de pessoas e bens, encetaram recuperações nos seus respectivos  contextos.

Fruto da inter-relação  dos diversos participantes e em particular do trabalho abnegado que foi sendo  efectuado pelas Equipas de Trabalho e Accionistas da nossa instituição, o Banco  Sol manteve os casos da pandemia dentro de cifras aceitáveis, melhorou o  funcionamento dos seus órgãos e estruturas, preservou a quase totalidade dos  postos de trabalho e melhorou alguns dos seus indicadores, com destaque para os  seguintes:

- A Carteira de Créditos  cresceu em 4,5% para Kz 214 177 milhões;

- A Carteira de Depósitos  ascendeu a Kz 639 850 milhões, tendo representado um incremento de 22% em  relação a 2020;

- O Número de Clientes  teve um aumento de cerca de 15%, correspondente a mais de 141 000 contas  novas;

- A margem Financeira  passou de Kz 6 269 milhões para Kz 19 632 milhões.

O crescimento económico  moderado que se prevê para a República de Angola em 2022, fez-nos estimar a  obtenção de resultados mais robustos neste exercício. Todavia, o conflito  russo-ucraniano que deflagrou no fim do mês de Fevereiro, aconselha-nos a  sermos mais cautelosos em relação aos resultados parcelares e finais que hoje  esperamos vir a obter.

Continuaremos a executar  o Plano Estratégico com determinação acrescida, face aos bons resultados que  temos conseguido.

O nosso profundo  agradecimento a todos os nossos parceiros, em particular aos nossos  Colaboradores, Clientes e Accionistas do Banco Sol.

Banco Sol! 

O Banco de todos nós.



Rosário Simão  Jacinto

Presidente do Conselho de   Administração.

Responsive image

Cartão Kumbu

O cartão Pré-Pago da Rede Visa que lhe permite efectuar as suas compras de forma adequada, fácil e segura.

Responsive image

Microcrédito - Informações Gerais

Destinado a pequenos empreendedores com baixos ganhos, ou com dificuldades de acesso ao crédito bancário.

Copyright © 2021  |  Banco Sol Todos os direitos reservados  |  Desenvolvido por Link Consulting